Estágio,como identificar e desenvolver competências que ajudarão a aumentar as chances de sucesso

Marcia Chacon-banner-Recrutamento e Seleção de Pessoas-Importância-Conceitos-Etapas
Recrutamento e Seleção de Pessoas – Importância/Conceitos/Etapas
maio 11, 2016
o-que-e-psicoterapia
Psicoterapia, valioso recurso frente às dificuldades
setembro 18, 2016

Estágio,como identificar e desenvolver competências que ajudarão a aumentar as chances de sucesso

Marcia Chacon-Importancia do Estágio-001

A importância do estágio – além de seu conceito generalista

Marcia Chacon-A importancia do Estágio-003

O estágio é o início de carreira, um ato educativo que capacita o desenvolvimento das atividades profissionais do estudante.

Penso que mais que este conceito generalista, o estágio é uma atividade de caráter educativo e complementar ao ensino, e quando bem orientado e realizado, deve permitir:

  • Atenuar o impacto da passagem da vida acadêmica para a atividade profissional,
  • Integrar o estudante em um ambiente profissional,
  • Suavizar a sensação de insegurança que por vezes pode afetar o estudante ao ter que enfrentar o mercado de trabalho,
  • Colocar o futuro profissional em contato com as diferentes realidades sociais, filosóficas, econômicas e culturais,
  • Proporcionar vivência e experiências que permitam ao estudante desenvolver uma consciência crítica,
  • Capacitar a compreensão da realidade e dos processos, a fim de possibilitar a criação de soluções e interferências sobre eles ao relacionar o conteúdo teórico com as atividades do dia-a-dia,
  • Propiciar o início de uma rede de relacionamentos profissionais,
  • Confirmar os interesses para determinada área de atuação, diante das possibilidades apresentadas pela profissão,
  • Antecipar as experiências que poderão auxiliar e impulsionar a carreira no futuro emprego,
  • Praticar o próprio empreendedorismo,
  • Permitir ainda, o desenvolvimento pessoal, principalmente nas relações com as pessoas ou nas atividades como cidadão.

Alguns números do estágio no Brasil, segundo pesquisas atuais

Os dados do censo Inep/MEC 2013, informa que 16 milhões de estudantes estão aptos a estagiarem.

No entanto, a quantidade de vagas não suporta esta quantidade de estudantes e apenas 1 milhão consegue estagiar. É que confirma os dados da Associação Brasileira de Estágios, o número de estagiários no Brasil hoje, é de 1 milhão. Cerca de 60% seriam alunos de curso superior enquanto o restante – 40% – alunos do Ensino Médio (com idade a partir dos 16 anos).

Ainda, de acordo com a Abres, a maior parte das vagas são oferecidas aos estudantes do curso de Administração de Empresas, Marketing e Publicidade, Engenharia (com qualquer habilitação) e Direito. Aproximadamente 25% dos estagiários são efetivados na empresa depois da graduação.

O estágio, atualmente, tem dois focos, é o que salienta o presidente da associação Carlos Henrique Mencaci:

  • Estudante carente do Ensino Médio e a do superior,
  • Alunos que falam inglês fluente e que conseguem uma chance porque as empresas estão em busca de novos talentos.

Portanto, na opinião dele, o estágio no Ensino Médio é um importante fator de inclusão social, principalmente, para os jovens não profissionalizados.

O outro foco destacado por Mencaci, é que o estágio abrange os estudantes universitários com outra realidade socioeconômica. São jovens que precisam pagar a faculdade. Estes fazem parte de uma pequena parcela da população, ou seja, 13% dos 15% dos brasileiros que frequentam um curso de nível superior. Eles têm dificuldades para pagar seus estudos e terão que viabilizar isso de alguma forma.

Levando em consideração estas informações, acredito que a  disputa por uma vaga de estágio, se torna cada vez maior, exigindo do estagiário uma preparação ainda mais cuidadosa.

Identificando minhas competências profissionais e pessoais

Então, como identificar em mim mesmo competências que ajudarão a aumentar as chances de sucesso?

Além da concorrência acirrada, mundialmente falando, a modernidade de tecnologia e outros grandes desafios hoje orquestrados por um novo tempo, diferentes exigências são feitas em relação a estrutura organizacional, bem como em qualquer mão de obra.

Tais fatos exigem de qualquer profissional, especialmente do estagiário, uma vez que está iniciando sua carreira,  atenção especial ao identificar e avaliar suas qualidades e suas limitações, a fim de criar ações que tendem a aumentar as chances de sucesso.

Considero que conhecer a si mesmo é a premissa para a orientação vocacional e a descoberta do potencial pessoal em qualquer período da vida. Quanto mais uma pessoa desenvolver seu autoconhecimento, maior será sua capacidade de saber o que quer, como também, traçar e realizar metas com maior assertividade.

Uma maneira de se conhecer é identificar e avaliar suas próprias competências, através de uma análise sincera e objetiva. Escrevê-las e ler várias vezes, buscando não se esquecer de nenhuma delas.

Dica

A dica para ajudar como identificar estas competências, vai aqui um conceito de fácil entendimento, “Competência é o conjunto de conhecimentos, habilidades, atitudes e comportamentos que permitem ao indivíduo desempenhar com eficácia determinadas tarefas, em qualquer situação”. Maria Odete Rabaglio, 2008.

Então, como estão seus conhecimentos, suas habilidades e as suas atitudes necessárias para atender as demandas de mercado? Seja honesto consigo mesmo, escreva, avalie e reavalie cada uma delas. Abaixo cito algumas para orientá-lo:

  • Escolaridade,
  • Informática,
  • Idiomas,
  • Ciências – exatas, humanas, biológicas e técnicas,
  • Criatividade,
  • Equilíbrio,
  • Ética,
  • Responsabilidade,
  • Iniciativa,
  • Organização,
  • Comunicação,
  • Flexibilidade,
  • Bom relacionamento interpessoal.

A soma destes desafios servem como “termômetro”, para que o estagiário visualize mais claramente o que precisa ser desenvolvido e melhorado em suas competências.

Maneiras fáceis e baratas para desenvolver minhas competências

E como desenvolver competências que me ajudarão a aumentar as chances de sucesso?

Além do mundo acadêmico, o estagiário, tem a oportunidade de melhorar e desenvolver o que ainda julga necessário para que tenha sucesso no seu desenvolvimento profissional e pessoal. Aqui descrevo algumas maneiras fáceis e baratas:

  • Ler,
  • Aumentar e variar o Networking,
  • Buscar a atualização,
  • Apostar nos relacionamentos,
  • Compartilhar o conhecimento,
  • Desenvolver atividades voluntárias,
  • Fazer testes e exercícios,
  • Conversar consigo mesmo,
  • Ouvir e escutar as pessoas a sua volta,
  • Praticar o método socrático. saiba mais

Concluo, dizendo que estes cuidados é um excelente início para que o estudante planeje sua carreira e melhore seu portfólio, promovendo o aumento de sua empregabilidade.

Ainda, reafirmo que as melhores oportunidades de empregos acontecem para aqueles que estão em constante aprimoramento pessoal e profissional.

Gostou destas informações, compartilhe com seus amigos.

Ficou com alguma dúvida, escreva-me, pois terei prazer em responder.

Críticas, sugestões e elogios, também, serão muito bem vindos.